De Braga a Guimarães de comboio

Fev 28, 2020

Guimarães e Braga são os dois principais concelhos do Minho. No seu conjunto ultrapassam os 350.000 habitantes. Aqui estão localizados os dois pólos da Universidade do Minho e numerosas empresas. São pólos geradores de trânsito para toda a região.

Ambas são servidas por comboio. Tanto Braga como Guimarães estão ligadas ao Porto por serviços Urbanos, Intercidades e Alfa Pendular. Apesar de estas ligações ainda terem muito para evoluir, ao longo do dia existem várias opções entre as cidades minhotas e o Porto. No entanto, se pretendermos deslocarmo-nos de Braga a Guimarães de transporte público a única opção válida é o autocarro, já que não existe ligação ferroviária direta. Quem quiser deslocar-se de modo ferroviário tem de apanhar um comboio urbano para Lousado (Vila Nova de Famalicão) e daí para Braga ou Guimarães. Isto implica uma viagem de 58 quilómetros que pode demorar entre 67 e 136 minutos, com um transbordo. Sabendo-se que Guimarães e Braga não distam mais do que 22 quilómetros, um comboio conseguiria ligar as duas cidades em menos de 20 minutos. A Associação Comboios do Século XXI defende que a construção desta nova linha deve ser uma das prioridades do Quadrilátero Urbano (Braga, Guimarães, Famalicão e Barcelos) para a próxima década.
Enquanto esta nova linha não se concretiza, acreditamos que as linhas existentes devem ser rentabilizadas ao máximo, e as populações que vivem no eixo Braga - Famalicão - Santo Tirso - Vizela - Guimarães devem passar a ter serviços diretos entre estas cidades. Para tal bastaria a construção duma pequena concordância junto à estação de Lousado que permitisse a continuidade das ligações ferroviárias, sem necessidade de paragens e de trocas. Assim sendo, seriam possíveis ligações entre Guimarães e Braga em 54 minutos, uma evolução dos atuais 67 minutos. Convém frisar que os atuais 67 minutos ocorrem apenas uma vez por dia, apenas num sentido e que todas as outras ligações são bastante piores.
Nuno Gomes Lopes

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *